novidades

(47) 3029 1112 CRECI 2824-J

Novo, usado ou na planta? Saiba como escolher seu imóvel

5/fev/2014
postado por

O primeiro passo é ter em mente o quanto você pode gastar em um imóvel. Afinal, depois de conhecer uma casa grande em uma localização privilegiada, é muito mais difícil se contentar com uma casa menor em um bairro mais afastado. Portanto, tenha consciência do quanto o seu orçamento pode ser afetado antes de dar início às pesquisas.

Para facilitar a decisão, pense sobre as questões abaixo:

– Em qual parte da cidade você gostaria de morar?

– Até quanto você está disposto a pagar?

– Qual o valor máximo relacionado aos custos extras, como condomínio, por exemplo, você teria condições de pagar?

– Você tem preferência por imóvel novo?

– Você estaria disposto a fazer reformas?

– Você gostaria de morar perto do local de trabalho para poder ir a pé?

– Estar próximo de conveniências, como shoppings, supermercados, restaurantes, entre outros, seria importante para o seu dia a dia?

– Você não dirige, depende de transporte coletivo e, portanto, precisa morar perto de uma parada de ônibus ou lotação?

– Caso você deseje um apartamento, ter elevador é fundamental?

– Você tem animais de estimação que precisam de mais espaço?

– A sua família possui mais de um automóvel?

– Você dá mais valor para imóvel menor, mas em boa localização, ou prefere um imóvel grande em um local mais afastado do centro da cidade?

– Quantos quartos a sua casa precisa ter?

– De quantos banheiros você precisa?

Com as respostas dessas questões em mente, você terá mais clareza na hora de começar a procurar a sua casa. Agora confira as opções possíveis de compra.

Opção 1: comprar imóvel na planta

Vantagens: normalmente, o preço é mais baixo do que um imóvel pronto e a economia pode ser de até 30% em comparação ao pronto. Durante a obra, o comprador faz os pagamentos sem juros e depois de finalizada a construção, pode-se  pagar o restante ou buscar um financiamento.

Desvantagens: obviamente, a entrega das chaves demora mais, pois o imóvel ainda precisa ser construído. Dependendo da construtora, você não terá como saber exatamente como ficará o imóvel quando finalizado.

Opção 2: imóvel novo

Vantagens: possibilidade de dar uma entrada e financiar o valor restante, garantindo as chaves do imóvel em curto prazo. Apesar do valor ser maior, não há gastos com reparos. Modernidades dos lançamentos agregam valor ao empreendimento, que conta com uma ampla infraestrutura com piscina, serviços “pay per use” (pague pelo uso, em inglês), salões de festas, entre outras facilidades.

Desvantagens: o preço costuma ser mais alto do que um imóvel usado. Além disso, os corretores trabalham com valores tabelados, impossibilitando negociações. A metragem dos novos empreendimentos costuma ser menor do que os imóveis mais antigos.

Opção 3: imóvel usado

Vantagens: pode ser consideravelmente mais barato do que um imóvel novo localizado na mesma região e possibilita maiores negociações com os proprietários. Costumam ser maiores do que os apartamentos dos empreendimentos atuais. Móveis feitos sob medida podem permanecer no imóvel, caso seja uma opção do vendedor, já que costuma ser mais difícil adaptá-los em outros ambientes.

Desvantagens: o estado de conservação do imóvel pode trazer dificuldades, pois reformas podem ser necessárias, gerando mais custos ao comprador. E a documentação pode ser mais difícil de ser reunida.

Fonte: Pensei Imóveis

Deixe um comentário!

0 pessoas curtiram innova imóveis
Tweets recentes
Ampla Casa Alvenaria, Suite + 2 quartos, semi-mobiliada, área de festas com churrasqueira, Garagem, AVERBADA..... https://t.co/YgPhEVg7od
Escolha Bons Negócios (47) 3029 1112
Rua Alexandre Dohler, 129, Sala 7 Entre em contato e conte com nossa assessoria para encontrar o seu imóvel
código captcha
H